quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Governo retira Reforma da Previdência da pauta, mas a luta dos trabalhadores continua

Governo retira Reforma da Previdência da pauta, mas a luta dos trabalhadores continua


Governo recua, retira reforma da Previdência da pauta este ano e mostra que luta unificada da classe trabalhadora deve se intensificar.  Só unidade vai garantir que retrocessos deixem de ameaçar direitos conquistados a duras penas.

A notícia de que o governo recuou e desistiu de votar a reforma da Previdência este ano é prova de que a unidade da classe trabalhadora e a pressão exercida para assegurar o direito dos brasileiros de se aposentarem surtiu efeito. Não restam dúvidas de que pela unidade vamos conseguir garantir que retrocessos deixem de ameaçar direitos trabalhistas tão duramente conquistados. Nossa luta está só no começo.

Mais em http://www.condsef.org.br/inicial/7760-2018-02-20-22-34-28

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Gestão da Previdência passa por revogação da lei trabalhista

Gestão da Previdência passa por revogação da lei trabalhista

(Urgente: esta matéria merece ser lida e compartilhada)



Pensar efetivamente em uma Previdência pública impõe três medidas, segundo o Dieese: rever as restrições aos gastos da União, discutir o financiamento de longo prazo e revogar, total ou parcialmente, a recente "reforma" trabalhista, efetivada pela Lei 13.467. Em nota técnica, o instituto rebate argumentos recorrentes usados pelos defensores das mudanças: "Eles constituem, na verdade, peça retórica da disputa para legitimar e aprovar a Reforma da Previdência e, assim, atender a interesses particulares de segmentos da sociedade".

Segundo o Dieese, a necessidade de mexer na lei recém-criada considera "a possibilidade de desproteção previdenciária de grandes contingentes de trabalhadores" devido às mudanças nas regras trabalhistas. Assim, é preciso discutir uma revogação, ainda que parcial "e/ou novas formas de inclusão previdenciária, que conceda garantias e segurança ao contingente de trabalhadores e trabalhadoras que ficaram sujeitos às formas desprotegidas de contratação".

Além disso, o instituto defende que a primeira "tarefa" é "rever, revogar, ou, no mínimo, flexibilizar as restrições ao crescimento das despesas primárias da União. Ou seja, repensar o chamado "teto dos gastos", aprovado pelo atual Congresso por emenda constitucional.

Leia mais: https://cut.org.br/noticias/gestao-da-previdencia-passa-por-revogacao-da-lei-trabalhista-0514/

Greve geral, pelo Brasil afora, contra a Reforma da Previdência

 GREVE GERAL PELO BRASIL AFORA, CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA, NESTA SEGUNDA-FEIRA (19.02.18)


Condsef/Fenadsef e suas filiadas em todo o Brasil participaram do dia de Greve Geral contra reforma da Previdência nessa segunda-feira, 19. Atos em aeroportos marcaram a manhã e puxaram atividades ao longo do dia. Nem a chuva em algumas cidades atrapalhou. 

A tarde, em Brasília, servidores federais reunidos nos principais fóruns da categoria (Fonasefe e Fonacate) aproveitaram também para lançar campanha em defesa dos servidores e dos serviços públicos e protocolaram pauta de reivindicações no Ministério do Planejamento. 

Entre os destaques da pauta; a cobrança do cumprimento de acordos já firmados, o fim da privatização no serviço público e criação de novas vagas via concurso com reposição imediata de cargos vagos por exoneração, falecimento ou aposentadoria.

Fonte: https://www.facebook.com/condsef/?hc_ref=ARTnsJUPFKDVb5lrAREeUakPsfC47l0RniKSyyyqAvLBrblbwAYW98suUqKIqp_gwvw

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Destaques do Ato Público no INSS contra a Reforma da Previdência

DESTAQUES DO ATO PÚBLICO NA FRENTE DA AGÊNCIA DO INSS, EM BOA VISTA, CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Data do evento: 19 de fevereiro de 2018 
Promoção: Frente Sindical, Popular e de Lutas/RR
A caravana do Sindsep Roraima estava lá!


 





Mais fotos do Ato Público ocorrido na frente do INSS, Agência de Boa Vista

MAIS FOTOS DO ATO PÚBLICO OCORRIDO NA FRENTE DO INSS, AGÊNCIA DE BOA VISTA
 
Na manhã desta segunda-feira (19.02), a Frente Sindical, Popular e de Lutas/RR realizou um ato público em frente da Agência do INSS contra a Reforma da Previdência. A caravana do Sindsep Roraima estava lá.







Ato público em frente à Agência do INSS, em Boa Vista, detona o Governo Temer


DISCURSOS DO ATO PÚBLICO EM FRENTE À AGÊNCIA DO INSS DETONA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA E O GOVERNO TEMER



Sindicalistas ligados à Frente Sindical, Popular e de Lutas de Roraima fizeram um Ato Público em frente a Agência do INSS em Boa Vista, na manhã desta segunda-feira (19.02), contra a Reforma da Previdência e, em seus discursos, detonaram a Reforma do Sistema Previdenciário proposto pelo Governo Temer.

A manifestação pública em defesa da Previdência e da aposentadoria dos trabalhadores brasileiros contou o a participação de vários diretores do Sindsep Roraima e servidores públicos federais da base do sindicato. Mesmo debaixo de um sol escaldante, lá estiveram também representantes de diversas categorias, portando faixas, cartazes, e distribuindo panfletos e informativos.

De cima de um carro de som, sob o comando do Presidente do Sindsep-RR, José Carlos de Oliveira Gibim, que também é um dos coordenadores da Frente Sindical, representantes dos sindicatos fizeram duras críticas ao Governo Temer, que vem fazendo várias reformas no País, com a compra de votos dos parlamentares federais do Congresso Nacional.

Destacamos aqui algumas de suas críticas, que merecem ser refletidas e compartilhadas com seus familiares, amigos e vizinhos:

1-     Se a Previdência Social é deficitária, por que o Governo Federal retira, anualmente, 30% do seu orçamento? (Ninguém tira nada de onde não tem!)
2-     Se a Reforma da Previdência é tão boa, por que os políticos, os militares e o Judiciário ficou de fora?
3-     Se a Reforma da Previdência não tem dinheiro, por que o governo não cobra as dívidas bilionárias dos bancos e das grandes empresas?
4-     O governo federal quer fazer a Reforma da Previdência em cima de mentiras: a última que inventou foi que a reforma é para acabar com os “privilégios” dos servidores públicos federais.

Como barrar mais essa reforma contra os trabalhadores? Os sindicalistas apontam o caminho: os trabalhadores devem continuar unidos e lutarem até o fim. E quem votar a favor da reforma, não volta!







Hoje tem ato público em frente ao INSS contra a Reforma da Previdência



HOJE TEM ATO PÚBLICO EM FRENTE AO INSS CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA


Nesta segunda-feira (19.02) os servidores públicos federais estarão promovendo uma Greve Geral, em todo Brasil, contra a Reforma da Previdência e a retirada de direitos da classe trabalhadora. Essa decisão foi tomada em reunião ampliada dos fóruns (Fonasefe e Fonacate) que integram o conjunto dos servidores federais.
Em Boa Vista, a Direção do Sindsep-RR convoca os servidores federais para participarem do Ato Público em defesa da Previdência Social e dos direitos da classe trabalhadora, que vai ocorrer em frente a Agência do INSS, no centro da cidade, a partir das 8 horas da manhã.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Sindsep Roraima convoca servidores federais para a greve geral dia 19 de fevereiro

DIREÇÃO DO SINDSEP-RR CONVOCA SERVIDORES PARA A GREVE GERAL DIA 19 DE FEVEREIRO (segunda-feira)

Presidente do Sindsep-RR, José Carlos de Oliveira Gibim

O Carnaval, marcado por muitos protestos políticos que, inclusive, viraram tema de escola de samba, acabou. Mas segunda-feira, dia 19, o Brasil todo vai estar junto de novo. A classe trabalhadora se une novamente em torno de uma Greve Geral contra a Reforma da Previdência e a retirada de direitos da classe trabalhadora. Servidores federais de todo o Brasil vão estar na paralisação e atos que devem marcar o dia. A decisão unânime de participar da Greve Geral foi tomada em reunião ampliada dos fóruns (Fonasefe e Fonacate) que integram o conjunto dos federais. 

No encontro outros eixos unificados foram aprovados e devem conduzir uma grande campanha nacional pela revogação da Emenda Constitucional (EC) 95/16, que congela investimentos públicos pelos próximos 20 anos. A luta contra o desmonte dos órgãos públicos, pela revogação da Reforma Trabalhista e por eleições democráticas em outubro também compõe o eixo de unidade entre os federais. Neste sentido, o Sindsep-RR está convocando todos(as) a estarem presentes no Ato Público do dia 19 de fevereiro de 2018, em frente ao INSS em Boa Vista, a partir de 8 horas.

Ressaltamos que durante toda manhã estaremos realizando um ato em defesa da previdência pública e das bandeiras de luta tiradas no Fonasefe e Fonacate. Portanto, você, servidor(a) público de Roraima, está convidado a participar dessa atividade.

José Carlos de Oliveira Gibim
Presidente do Sindsep-RR

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Frente Sindical de Roraima protesta contra a Reforma da Previdência no Carnaval de Boa Vista

FRENTE SINDICAL, POPULAR E DE LUTAS/RR PARTICIPA DO CARNAVAL DE BOA VISTA COM BLOCO DE PROTESTO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

A Frente Sindical, Popular e de Lutas de Roraima participou do Carnaval de Boa Vista, na segunda e terça-feira, com um bloco de protesto contra a Reforma da Previdência. Como sempre acontece, o Sindsep Roraima marcou presença na festa carnavalesca para dizer "Não à Reforma da Previdência" proposta pelo Governo Temer.